Printed From:

Causas da dor na articulação do joelho.


Um joelho saudável é constituído de ossos que são mantidos juntos por ligamentos e estabilizados pelos músculos que os rodeiam. O joelho tem também cartilagem e fluido que lubrifica sua articulação (conhecido como líquido sinovial) que protegem e amortecem as articulações, permitindo que se movimente e se curve.2

A dor no joelho pode resultar de problemas em qualquer uma dessas estruturas. Por exemplo, num joelho com osteoartrite, a cartilagem que protege as extremidades dos ossos se desgasta e a articulação perde suas qualidades de amortecimento, fazendo com que os ossos sofram atritos entre si.2,3

Existem inúmeras causas diferentes para a dor no joelho, incluindo:

  • Traumas, como estresse mecânico e entorses;1
  • Inflamação causada pelo desgaste;1
  • Condições médicas, como a osteoartrite ou a gota;1
  • Problemas de quadril ou nos pés;4
  • Infecção.1
Knee diagram cartilage joint fluid breakdown
 

 

Diagnosticando a dor no joelho.


Se você sente dor, rigidez, sensibilidade, perda de flexibilidade ou sensação de fricção nos joelhos, é importante que fale com seu médico para descobrir o que está causando esses sintomas.7

Obter um diagnóstico correto é o primeiro passo para encontrar o melhor tratamento para você.

Para fazer o diagnóstico, seu médico registrará seu histórico médico e fará um exame físico. Ele pode também fazer testes, como:8

  • Exames de sangue;1,8
  • Raios X, ultrassom, tomografia computadorizada e ressonância magnética;8
  • Aspirar a articulação do joelho, retirando uma pequena quantidade de fluido, usando uma agulha.8

Nem todas as dores no joelho são sérias, mas algumas lesões e condições, como a osteoartrite, podem piorar progressivamente se não forem tratadas.9

A boa notícia é que, em geral, há tratamentos disponíveis para a maioria dos tipos de dor no joelho.10

Tratando a dor no joelho >

O primeiro passo no tratamento da sua dor no joelho é procurar um médico. Preencher a Avaliação de Dor pode ajudar o médico com informações necessárias para uma decisão terapêutica.

TAKE THE SHORT KNEE PAIN ASSESSMENT

Referências:

  1. Plotnikoff, et al. Osteoarthritis prevalence and modifiable factors: a population study. BMC Public Health (2015).
  2. Australian Institute of Health and Welfare. Arthritis series no. 5. Cat. no. PHE 93. Canberra: AIHW. (Available at: http://www.aihw.gov.au/WorkArea/DownloadAsset.aspx?id=6442459825); Acessado em 16/08/18.
  3. Australian Institute of Health and Welfare. (Available at: http://www.aihw.gov.au/WorkArea/DownloadAsset.aspx?id=6442459675); Acessado em 16/08/18.
  4. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/knee-pain/basics/causes/con-20029534 Acessado em 16/08/18.
  5. Brody LT, et al. Knee osteoarthritis. Clinical connections to articular cartilage. Physical Therapy in Sport 2015.
  6. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/knee-pain/basics/risk-factors/con-20029534 Acessado em 16/08/18.
  7. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/osteoarthritis/basics/symptoms/con-20014749. Acessado em 16/08/18.
  8. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/knee-pain/basics/tests-diagnosis/con-20029534 Acessado em 16/08/18.
  9. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/knee-pain/basics/complications/con-20029534 Acessado em 16/08/18.
  10. Mayo Clinic. http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/knee-pain/basics/treatment/con-20029534 Acessado em 16/08/18.
  11. Felson DT. Clinical practice. Osteoarthritis of the knee.N Engl J Med. 2006;354(8):041-8.
  12. Chevalier X, et al. Single, intra-articular treatment with 6 ml hylan G-F 20 in patients with symptomatic primary osteoarthritis of the knee: a randomised, multicentre, double blind, placebo controlled trial. Ann Rheum Dis. 2010;69(1):113-9.